olemenews.com

Global

Detido homem em Londres por suspeitas de terrorismo — Buckingham

Share
O Palácio de Buckingham em Londres é a moradia oficial da família real- DIVULGAÇÃO

Em Bruxelas, o atacante foi abatido depois de ter atacado dois militares com uma arma branca.

O suspeito foi preso inicialmente por causar lesões corporais graves e ataque contra a polícia. O incidente ocorreu horas depois de que um homem armado com uma faca atacou dois soldados em Bruxelas, um ato que as autoridades qualificaram como um atentado "terrorista". O agressor, nascido em 1987, era um belga de origem somali e que morava em Bruges (noroeste), onde foi realizada uma revista pela polícia durante a noite, informou a procuradoria belga.

A polícia londrina sublinha, ainda, que mais ninguém ficou ferido.

Segundo a Polícia Metropolitana de Londres, o suspeito dirigia um carro e se aproximou de uma van da polícia, estacionada próximo ao portão do palácio.

"Todo o nosso apoio para os nossos militares", 'tweetou' o primeiro-ministro belga, Charles Michel, acrescentando: "Os nossos serviços de segurança mantêm-se atentos". O ataque da Bélgica foi imediatamente classificado de terrorista pelas autoridades e a polícia britânica anunciou que o agressor foi detido dentro da atual legislação antiterrorista.

Dois agentes ficaram com ferimentos ligeiros no braço.

Segundo o jornal The Guardian, os agentes foram alertados por turistas que passeavam na alameda frente ao palácio e que consideraram que o homem tinha um comportamento estranho.

Os agentes foram atendidos no local e não precisaram ser hospitalizados. Ele foi levado a prestar depoimento à polícia de contraterrorismo na manhã deste sábado, 26.

O Palácio de Buckingham, uma das principais atrações turísticas de Londres, é a residência principal da família real britânica, mas, segundo a polícia, a rainha Isabel II não estava no momento no palácio. Ela está passando as férias de verão no castelo de Balmoral, na Escócia.

Share