olemenews.com

Desporto

Internacional vence o Paysandu e finalmente assume a liderança

Share
Inter deve ter time no mínimo misto contra o Atlético-MG pela Primeira Liga

Não é à toa que o Internacional assumiu a liderança do campeonato: essa foi a sexta vitória consecutiva, deixando para trás qualquer desconfiança. Se optar pela manutenção da formação utilizada nas últimas partidas, o Inter iria a campo com: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, William Pottker, Edenílson, D'Alessandro e Eduardo Sasha; Leandro Damião. Por sua vez, os gaúchos vão a Caxias do Sul enfrentar o Juventude no dia 9, às 16h30min.

O Inter seguiu sufocando o adversário paraense. Após cobrança de falta, Diego, em posição de impedimento, cabeceou sozinho, Danilo Fernandes deu rebote e Bergson, ex-Grêmio, também em posição ilegal, testou para o fundo da rede - 1 a 1. No rebote, William Pottker concluiu pela linha de fundo. D´Alessandro ficou com a sobra e tocou para Damião fazer 2 a 1.

O Inter assustou logo aos 3 minutos. Edenilson invadiu a área em velocidade, Diego Ivo fez o corte e o jogador do Inter caiu, pedindo pênalti. Aos 12min, Damião aplicou um balãozinho sobre o zagueiro, na entrada da área, e fez o passe para Edenilson, que chutou prensado com a defesa. Aos 23min, Klaus aproveitou saída errada do goleiro e fez o terceiro gol vermelho após escanteio cobrado por D'Ale.

Cartões amarelos: Peri, Rodrigo, Marcão, Magno, Carandina (P); Víctor Cuesta, Rodrigo Dourado, D'Alessandro, Cláudio Winck, Edenilson (I).

Com a tranquilidade no placar, o técnico Guto Ferreira promoveu duas trocas simultâneas aos 28: Charles e Damião ingressaram nas vagas de Rodrigo Dourado e Eduardo Sasha, respectivamente.

Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque e Thiago Rosa de Oliveira (trio do Rio de Janeiro). Após o lançamento, Welinton Júnior subiu mais alto que Cláudio Winck e cabeceou no canto esquerdo de Danilo Fernandes - 3 a 2.

Share