olemenews.com

Global

EUA: Polícia responde a alerta de tiroteio em Charleston

Share
Uma pessoa é morta e duas são feitas reféns em incidente em Charleston

A polícia da cidade de Charleston, na Carolina do Sul, está respondendo neste momento a um chamado por causa de um atirador no centro da cidade.

O agressor era um lavador de pratos que havia sido demitido, segundo a mídia local. Restantes reféns foram libertados. Encontra-se no hospital em estado critico. Tecklenburg sublinhou que não se trata de um ato de terrorismo nem motivado por questões raciais.

Segundo algumas testemunhas, o atirador começou a gritar "Eu sou o novo rei de Charleston". O homem, que estava no local de trabalho, saiu da cozinha aos tiros e acabou por ser detido pelas autoridades.

O tráfego de carros e pedestres está bloqueado na região.

Algumas pessoas ficaram dentro do estabelecimento como reféns e a polícia foi obrigada a evacuar a área por precaução.

O incidente ocorre apenas a alguns quarteirões da igreja Emanuel AME, onde, há dois anos, Dylann Roof, que foi condenado à morte, matou nove negros.

Share