olemenews.com

Negócios

Mercado eleva pela quarta semana seguida projeção de inflação em 2017

Share
Focus mostra PIB estável em 2018 revela BC

Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) para o boletim Focus aumentaram a estimativa para o indicador de 3,45% para 3,50% neste ano - a quarta revisão consecutiva. Há um mês, estava em 3,29%. Para 2018, não houve alteração da taxa esperada, que é de 4,20%.

Na prática, as projeções de mercado divulgadas nesta segunda no Focus indicam que a expectativa é que a inflação fique abaixo do centro da meta, de 4,5%, em 2017 e 2018. No acumulado de 12 meses, subiu 2,71 por cento.

Entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do IPCA no médio prazo, denominadas Top 5, a mediana das projeções para 2017 passou de 3,31% para 3,38%. No caso de 2018, a estimativa de crescimento da produção industrial foi de 2,06% para 2,01%, ante 2,30% de quatro semanas antes. Quatro semanas atrás, a expectativa estava no mesmo nível. Ainda assim, o índice permanece abaixo da meta da inflação brasileira, de 4,5%, e do teto de 6%. Um mês antes, estava em 0,23%. No caso de setembro, a previsão de inflação do Focus seguiu em 0,33%, ante 0,32% de quatro semanas atrás.

O Relatório de Mercado Focus trouxe hoje que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 7,50% ao ano. Em 22 de junho, o BC informou em seu Relatório Trimestral de Inflação (RTI) a manutenção em 0,5% da estimativa para o PIB em 2017. Há um mês, estava em -0,55%.

Calculados pela Fundação Getulio Vargas (FGV), os Índices Gerais de Preços (IGPs) são bastante afetados pelo desempenho do dólar e pelos produtos de atacado, em especial os agrícolas. Quatro levantamentos antes, estava em -0,23%.

Já a mediana das previsões para o IPC-Fipe de 2017 passou de +3,05% para +2,94% no Focus.

Os economistas do mercado financeiro elevaram suas projeções para a balança comercial em 2017. Para 2018, a projeção do IPC-Fipe seguiu em +4,50%, ante +4,49% de um mês antes.

Share