olemenews.com

Global

Fogo em Ferreira do Zêzere com duas frentes de enorme dimensão

Share
Dominados os incêndios de Abrantes e Alvaiázere

O ponto de situação feito às 19h pela adjunta de operações da Proteção Civil aponta para um total de 16 incêndios de maior dimensão a lavrar no país, dos quais quatro geram maiores preocupações para os bombeiros: tratam-se, para além do de Ferreira do Zêzere/Vila de Rei, do incêndio na Mealhada, distrito de Aveiro, Alvaiázere, distrito de Leiria, e ainda Carvalhosa, no distrito de Coimbra.

O incêndio que lavra há já dois dias em Ferreira do Zêzere alastrou nas últimas horas para Vila de Rei, numa frente que lavra fora de controlo.

Os dois incêndios florestais que ao início da tarde de sexta-feira deflagraram no concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra, e que tinham sido dados como dominados ao final da manhã de sábado, registaram um reacendimento.

"Não foi preciso retirar pessoas", acrescentou Patrícia Gaspar.

"Não temos propriamente aldeias evacuadas, temos várias localidades que foram evacuadas parcialmente, naquelas onde as pessoas quiseram sair", declarou à Lusa Jacinto Lopes, acrescentando que esta retirada da população aconteceu em "seis a sete localidades".

Os incêndios que começaram em Alvaiázere e Ferreira do Zêzere são combatidos, cada um, por mais de 300 operacionais, tal como o incêndio que continua a lavrar em Miranda do Corvo, distrito de Coimbra.

De acordo com a página da Proteção Civil, esse segundo incêndio começou na localidade de Barbéns e já mobiliza 52 operacionais e dez veículos.

Chamas aproximam-se de Trouxemil, no concelho de CoimbraO fogo chegou na tarde deste sábado e está a ameaçar a aldeia de Trouxemil, no concelho de Coimbra.

No distrito de Santarém, e para além de Ferreira do Zêzere, concentram também as atenções das autoridades Tomar, com o fogo já dado como dominado, e Abrantes.

O incêndio em Louriçal do Campo já movimenta quase 100 bombeiros.

Share