olemenews.com

Global

Ovos contaminados podem ter entrado na Europa, alerta UE

Share
UE vai investigar se Bélgica

Os lotes em causa, com data de validade até 15 e 16 de agosto, têm os números X-NL42364-XX e X-NL43868-XX.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, consumido pelo homem em grande quantidade o fipronil é considerado "moderadamente tóxico", mas se ingerido em doses muitos elevadas, pode afetar o sistema renal ou o sistema linfático.

Os produtos em questão foram entretanto retirados do mercado, mas a União Europeia está a acompanhar os desenvolvimentos deste caso, uma vez que os produtos em questão são exportados para o mercado europeu.

Desta forma, e depois de ter informado que estava a averiguar esta situação, a Comissão Europeia avançou com esta medida preventiva depois de Holanda e Alemanha terem notificado o Sistema de Alerta Rápido para os Géneros Alimentícios e Alimentos para Animais (RASFF) da UE. "Até ao momento não temos nenhuma confirmação se infringiram as normas", disse uma porta-voz comunitária, Mina Andreeva.

O diário francês afirma que depois da Suíça, Alemanha, Suécia e Reino Unido, a França, foi afetada por neste caso que teve origem na Bélgica e na Holanda.

"Não sabemos se os ovos estão contaminados ou não, mas, devido a estes alertas, as autoridades nacionais deverão agora verificar", esclareceu Anna-Kaisa Itkonen, porta-voz da Comissão.

Monde informa que milhares de galinhas foram sacrificadas e descreve que a crise começou quando o organismo responsável pela segurança alimentar e sanitária da Holanda lançou na semana passada um alerta baseado na suspeita de contaminação de ovos com fipronil, um pesticida utilizado para eliminar parasitas das galinhas. As autoridades belgas já tinham avisado a 20 de julho os parceiros europeus, depois de ter detetado Fipronil numa remessa de ovos, e a Holanda fez o mesmo no dia 28.

Share