olemenews.com

Desporto

Brasil vence Sérvia de virada — Vôlei feminino

Share
Carol e Natália no bloqueio duplo

Depois de ver a China vencer a Holanda, nesta sexta-feira, Seleção Brasileira garantiu vaga nas semifinais do Grand Prix de vôlei. Na primeira semana, em Ancara, na Turquia, as sérvias levaram a melhor por 3 sets a 0. O País é disparado o maior vencedor da competição, com 11 títulos, cinco de vantagem para o segundo colocado, os Estados Unidos.

Com uma defesa onipresente e contra-ataques precisos, a seleção brasileira feminina de vôlei venceu a Sérvia por 3 a 1 (20/25, 25/23, 25/14 e 25/23) na manhã deste sábado em Nanjing, na China, e está na final do Grand Prix.

A principal pontuadora do Brasil na partida foi a oposta Tandara, que anotou 24 pontos. Na semifinal, ganhou de Itália e Estados Unidos. "Conseguimos sair de situações adversas ao longo desse Grand Prix e isso trouxe ainda mais força para o nosso grupo", disse Tandara. Com as entradas de Adenizia e Drussyla, a seleção cresceu e buscou o empate. E após uma equilibrada partida, as asiáticas mantiveram o time de Zé Roberto na briga por mais um título.

O início da terceira parcial foi pau a pau, com a seleção indo para a parada técnica levando a melhor por um ponto (8/7). A final será neste domingo a partir das 9h (de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo, SporTV 2 e acompanhamento em Tempo Real do GloboEsporte.com. As europeias voltaram mais acesas para o quarto set e equilibraram novamente o confronto, mas outra vez o time sul-americano soube crescer na reta final para garantir o triunfo.

Esse desempenho coroou a boa campanha da Servia no Grand Prix, pois a equipe já havia liderado a fase de classificação, com sete vitórias em nove jogos.

Sem o passe na mão, Roberta perdeu a opção de jogar com velocidade e teve de trabalhar com bolas mais altas, o que deixou o ataque verde-amarelo à feição do sistema defensivo adversário - que parecia sentir dificuldade, apenas, nas bolas largadas.

O discurso, porém, é de que a equipe tem chances reais de passar pela Sérvia neste sábado, na partida agendada para as 4 horas (de Brasília). A vitória conduz a seleção feminina à final com a Itália, que venceu a anfitriã China também por 3 a 1, mas sem grandes folgas (18/25, 25/23, 25/22 e 27/25).

Share