olemenews.com

Global

Temer autoriza uso das Forças Armadas no RJ

Share
Temer autoriza uso das Forças Armadas para reforçar segurança no Rio

O ministro afirmou que o foco inicial das operações se concentrará na região metropolitana da capital, apesar de o decreto assinado pelo Presidente ser válido para todo o estado.

Este ano já morreram 90 polícias na capital carioca e os dados apontam para uma média de 15 tiroteios de rua por dia e um aumento em 21 por cento dos assaltos a veículos pesados.

"O agravamento da situação de segurança pública está no centro de nossas preocupações", disse Temer em vídeo gravado para redes sociais. O objetivo da missão é defender a integridade da população, preservar a ordem publica e garantir o funcionamento das instituições.

O presidente Michel Temer (PMDB) assinou nesta sexta feira (28) um decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para autorizar o emprego das Forças Armadas e da Força Nacional de Segurança no Estado do Rio de Janeiro, que passa por uma crise na segurança pública. O decreto foi publicado numa edição extraordinária do "Diário Oficial da União".

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, surgiu ao lado de Temer no anúncio do envio de tropas.

Eu me dirijo a todos brasileiros, mas especialmente àqueles que residem no Rio de Janeiro. O plano de segurança prevê reforço de dez mil agentes federais no estado.

Antes do decreto, já estavam a operar na zona cerca de 200 oficiais da Força Nacional de Segurança, mas o contingente foi insuficiente para conter o aumento da criminalidade que tem assustado os moradores.

A medida faz parte do pacote de ajuda do governo federal ao Estado do Rio de Janeiro.

Com a falta de recursos, a insegurança cresceu e houve um aumento grande de assaltos e crimes vários em toda a cidade. Nas últimas semanas, a Linha Vermelha, uma via importante de acesso para diversos lugares, foi alvo de tiroteio entre policiais e bandidos. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, somente neste ano, uma em cada quatro escola teve que fechar durante determinados períodos ou foi forçada a interromper as aulas por causa dos tiroteios ou outros tipos de confrontos.

Share