olemenews.com

Global

Para frear Maia, Temer convida deputados do PSB para o PMDB

Share
Heráclito Fortes estaria negociando com Rodrigo Maia o retorno ao DEM

Para o deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE), Tereza Cristina perdeu as condições de permanecer como líder da bancada e deveria entregar o cargo, após assumir publicamente que negocia filiação partidária ao PMDB, uma oferta do presidente Michel Temer, peemedebista, ou ao DEM, um cortejo direto do presidente da Câmara, o democrata Rodrigo Maia.

"O presidente disse que sabia do teor das conversas entre o PSB e o DEM, sinalizou que sabia de insatisfação de algum nomes do PSB e questionou se já tínhamos pensado no PMDB como uma alternativa", afirmou Tereza Cristina ao Valor.

Após a decisão do PSB de romper com o governo Temer, cerca de metade dos 36 deputados do partido socialista se rebelou contra a direção da legenda e permaneceu na base aliada. Maia quer ampliar a bancada do DEM na Câmara para 50 deputados, tirando do PSDB o posto de terceira maior bancada da Casa. O trocadilho poderá se aplicar ao deputado federal Heráclito Fortes (PSB), que estaria tratando com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, o retorno ao DEM, antigo PFL.

A visita de Temer a Tereza Cristina não estava na agenda oficial do presidente. Ele [Temer] falou com a gente sobre a possibilidade do PMDB.

Falando sempre com muita cautela, Rodrigo Maia afirmou que não tem nenhuma pretensão de se tornar presidente da república neste momento, ele afirmou que tem esse objetivo em sua carreira política, mas que isso somente ocorrerá daqui a duas ou três eleições, pois deseja sim, disputar uma eleição presidencial. "Quer que isso seja aprofundado", disse a líder do PSB. Ao blog, o ministro disse que o jantar entre Temer e Maia acontecerá na residência oficial da Câmara, nesta noite. Os parlamentares do PSB têm autonomia para tomarem os caminhos que quiserem.

Share