olemenews.com

Entretenimento

George A. Romero, lenda dos filmes de zumbis, morre aos 77 anos

Share
Divulgação

Ele sofria de câncer de pulmão.

Nascido no Bronx, em Nova York, o produtor, diretor e roteirista deu início ao gênero de filmes de zumbi em 1968, com "A noite dos mortos-vivos", filme em que atuou com diretor e coautor (ao lado de John A. Russo).

A produção inspirou grandes nomes como John Carpenter e Tobe Hooper e mudou o modo como os filmes de terror eram produzidos.

O filme que se tornou um culto foi feito por 100.000 dólares e a partir de 1999 passou a figurar no registo nacional da cinematografia dos Estados Unidos, mas a obra restante de George Romero não atingiu esse estatuto, mesmo a que desenvolveu a narrativa dos mortos que regressam à vida para atormentar os que restaram.

A película também chamava a atenção por trazer um protagonista negro, o ator Duane Jones.

"O currículo de Romero conta, ainda, com filmes como A Ilha dos Mortos (2009), Diário dos Mortos (2007), Terra dos Mortos (2005), Dia dos Mortos" (1985) e Despertar dos Mortos (1978).

Como o filme foi lançado em meio a explosão da contracultura, alguns chegaram a encarar os zumbis alegoria crítica ao capitalismo -na qual a ameaça zumbi seria o medo que os ricos teriam da massa de excluídos da sociedade. Nascido em Nova Iorque, descendente de imigrantes cubanos e lituanos, Romero começou a sua carreira cinematográfica como realizador de curtas-metragens e filmes publicitários.

De acordo com as informações divulgadas pelo agente, Romero morreu em Nova Iorque, na companhia da família.

Share