olemenews.com

Negócios

Bruxelas dá carta verde para a compra da Opel

Share
2018-opel-insignia-1

Com a operação, a PSA (liderada por Carlos Tavares, na foto) compra os activos e as participações atribuíveis à Opel e adquire o controlo da marca. O negócio vai representar investimento de 2200 milhões de euros e incluirá a aquisição das operações financeiras da GM na Europa.

Uma vez concretizada a integração das duas empresas, daqui resultará um dos maiores grupos automóveis do mundo, e o segundo maior da Europa, que se espera que venha a servir de sustentáculo ao crescimento sustentável do conglomerado a nível global. A Comissão Europeia afirmou que deu a aprovação incondicional para o negócio, ao concluir que a transação não aumenta preocupações sobre a concorrência em mercados relevantes. Em termos globais, em 2016, a PSA vendeu 3,5 milhões de carros e a Opel/Vauxhall 1 milhão.

Share