olemenews.com

Nacional

PM pede "cabal esclarecimento" a ministra sobre falhas do SIRESP

Share
Bloco de Esquerda questiona Governo sobre

"Tendo em conta esta descrição, deve a ministra da Administração Interna providenciar junto da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e da SIRESP, SA o cabal esclarecimento do sucedido", refere o despacho, a que a agência Lusa teve acesso, com data de hoje, assinado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Nesta quarta-feira, 21 de junho de 2017, o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda interpelou o Governo sobre o funcionamento do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) no passado sábado, em consequência do incêndio de Pedrógão Grande.

"Estamos a falar de uma utilização massiva e, naturalmente, por vezes, temos alguns constrangimentos", disse.

Constança Urbano de Sousa, ministra da Administração Interna, referiu recentemente em entrevista à RTP que "não houve uma falha total mas sim interrupções e intermitências, mas foram colocadas, às 20 horas, redes móveis satélites para assegurar as redes SIRESP".

Jaime Marta Soares adiantou que durante o combate existiram outras "alternativas de comunicações".

A 'caixa negra' da Proteção Civil, que regista os vários passos dos bombeiros e da comunicação entre os operacionais no terreno, pode ajudar à investigação do incêndio que consumiu uma área significativa de Pedrógão Grande nos últimos dias.

O consórcio SIRESP SA resulta de uma parceria público privada, tendo sido renegociado o contrato em 2016. Em 2014 este sistema de comunicações já tinha custado cerca de 270 milhões de euros aos cofres do Estado.

Share