olemenews.com

Saúde

Governo estende vacina de HPV e aposta em parceria com Educação

Share
Macaé inicia vacinação contra HPV e meningite

A imunização para o público masculino passou a ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em janeiro deste ano, e era destinada apenas aos garotos de 12 a 13 anos. Além disso, cerca 200 mil crianças e jovens, de ambos os sexos, de 9 a 26 anos vivendo com HIV/AIDS, também podem se vacinar contra HPV. Meninos de 11 a 14 anos e meninas de 9 a 14 anos devem se imunizar tanto na escola, como está ocorrendo em Corupá até o dia 27 ou procurando uma unidade de saúde com a caderneta de vacinação.

Meninas. Público-alvo mantido para meninas de 9 a 15 anos incompletos. "A parceria com Ministério da Educação é fundamental e os estados que estão priorizando essa imunização na escola estão com altíssimos índices de cobertura", ressaltou Barros.

Desde o inicio da vacinação em 2014, até 02 de junho deste ano, foram aplicadas 17,5 milhões de doses na população feminina de todo o país. A partir deste ano, a indicação foi ampliada para garotas de até 14 anos.

Em setembro, a previsão é de que 233,7 mil doses vençam.

Dados do ministério apontam que há 467 mil doses a vencer até o fim deste ano. Outras 1,1 milhão de doses, com vencimento previsto para o primeiro semestre de 2018, também correm o risco de ir para o lixo caso não sejam utilizadas até essa data.

Para evitar a perda de estoques, o Ministério da Saúde afirmou que encaminha regularmente informes aos estados solicitando empenho na melhoria das coberturas vacinais, especialmente em relação ao HPV.

Em geral, o ministério trabalha com a possibilidade de perda de 5% das doses nos programas de vacinação devido a questões logísticas e operacionais, por exemplo. O Ministério da Saúde disse não ter números sobre quantos municípios e Estados atenderam ao chamado.

A vacinação é oferecida gratuitamente nas 1,2 mil salas de vacina da rede pública de saúde em Santa Catarina e pode também ocorrer nas escolas.

Já em relação aos meninos, de janeiro a 02 de junho deste ano, 594,8 mil adolescentes de 12 a 13 anos se vacinaram com a primeira dose da vacina de HPV, o que corresponde a 16,5% dos 3,6 milhões de meninos nessa faixa etária que devem se imunizar.Outra novidade já anunciada este ano foi a inclusão das meninas que chegaram aos 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas.

O Ministério da Saúde explicou que meninos e meninas devem tomar duas doses da vacina contra HPV, com intervalo de seis meses entre elas. No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Utilize o espaço para fins comerciais ou publicitários, compreendidos, inclusive: spam, correspondência corporativa e comunicações com finalidade comercial (prospecção de negócios, venda de serviços e mercadorias, ainda que relacionados à pessoa física, etc.) ou uso relacionado com negócios, ou que anuncie ou ofereça a venda de produtos ou serviços (com ou sem fins lucrativos) ou que solicitem outros usuários ou terceiros (incluindo pedidos para contribuições ou donativos).

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Share