olemenews.com

Global

Ataque a policial no aeroporto de Michigan foi 'ato terrorista — FBI

Share
EUA Polícia esfaqueado em aeroporto é possível caso de terrorismo

Um policial foi esfaqueado nesta quarta-feira (21) por um canadense que gritou "Alá é grande" no aeroporto internacional de Michigan, no que o FBI descreveu como um "ato terrorista".

"Estamos cientes de relatos de que o atacante fez declarações imediatamente antes ou ao atacar o polícia, mas é muito cedo para determinar a natureza dessas supostas declarações ou se isso era ou não um ato de terrorismo", disse inicialmente o FBI.

Nenhum passageiro ficou ferido, de acordo com fontes.

O presidente norte-americano, Donald Trump, já foi informado acerca do incidente, disse à CNN, um funcionário do Governo.

Este ataque com arma branca é o último episódio de uma série de ações contra policiais em todo o mundo, com frequência reivindicadas por simpatizantes do grupo Estado Islâmico (EI). O FBI afirmou que investiga o caso como terrorismo.

Sem entrar em detalhes, Gelios descreveu o agressor como um homem "que odeia os Estados Unidos" e foi impelido "por uma série de outros elementos que o motivaram a vir ao aeroporto e cometer a violência".

A vítima foi identificada como sendo o oficial Jeff Neville, e as suas condições de saúde são estáveis, avança o aeroporto através do facebook.

"Neville não parou de lutar até que colocasse as algemas no agressor", revelou outro policial do aeroporto, Christopher Miller. As autoridades americanas acusaram o canadense Amor Ftouhi, 49, do Quebec, pelo ataque. A polícia de Montreal, no Canadá, realizou uma busca no apartamento de Ftouhi na região de Bilair St.in St-Michel, na cidade.

Share