olemenews.com

Nacional

Irão diz ter abatido "grande número de terroristas" em bombardeamento na Síria

Share
Exercícios de sistemas de mísseis Fateh Irã 2012

Os Guardiães da Revolução do Irão anunciaram esta segunda-feira ter abatido "um grande número de terroristas" com o lançamento de mísseis contra uma base do Daesh na região de Deir Ezzor, no leste da Síria.

"Nessa operação, mísseis de médio alcance foram lançados das províncias de Kermanshah e do Curdistão".

O ataque conta as bases terroristas na Síria seria uma retaliação aos ataques em Teerã, realizados na semana passada.

"Os mísseis atravessaram o céu iraquiano e atingiram seus alvos na Síria", disse o general Amir Ali Hadjizadeh, comandante da força aeroespacial da Guarda Revolucionária.

A televisão iraniana mostrou imagens que identificou como sendo as dos disparos dos mísseis.

Após o duplo atentado em Teerã há 10 dias, os Guardiães haviam prometido que "vingariam o sangue inocente derramado".

No seu texto, o exército de elite iraniano emitiu um aviso aos "terroristas e seus protetores na região e fora da região". "Em caso de repetição de seus atentados no Irã, o fogo da nossa vingança justa reduzirá os terroristas às cinzas", informou a Guarda Revolucionária da Irã em um comunicado.

As autoridades iranianas acusaram a Arábia Saudita, mas também os Estados Unidos, de apoiar os grupos 'jihadistas' que atuam contra o Irão.

A república islâmica desenvolveu nos últimos anos um amplo programa balístico com numerosos tipos de mísseis com um alcance de 2.000 km.

O Senado norte-americano aprovou na passada quinta-feira por uma esmagadora maioria uma nova lei para adotar novas sanções contra o Irão, acusado de "apoiar atos terroristas internacionais", e por causa do seu programa balístico. "As forças armadas iranianas continuarão defendendo a segurança e os interesses do país", declarou Bahram Ghassemi, porta-voz do ministério das Relações Exteriores, acrescentando que "o programa balístico do Irã é totalmente legítimo".

Share