olemenews.com

Desporto

Lesão tira goleiro Bravo da estreia do Chile na Copa das Confederações

Share
Camarões encara Chile na capital Moscou

O Chile, campeão sul-americano, venceu este domingo os Camarões, detentor do título africano, por 2-0, no jogo inaugural do Grupo B da Taça das Confederações, que se disputa na Rússia.

A primeira rodada desta chave será completada nesta segunda-feira, às 12 horas (de Brasília), quando a Alemanha, atual campeã do mundo e com uma seleção alternativa sem a presença de suas principais estrelas, enfrenta a Austrália em Sochi. Uma na TV aberta e outro na TV fechada.

Na etapa final, Camarões criou mais coragem para buscar o ataque e apresentou maior volume ofensivo, chegando a ter algumas oportunidades de marcar, mas o Chile seguia mais organizado em campo para poder buscar a vitória. O aplicativo Band TV também exibe o duelo.

Sánchez é o principal nome do ataque chileno.

Porém, após comemoração irreverente dos jogadores chilenos, o gol acabou sendo anulado por meio dos árbitros de vídeo, que ao reverem o lance pela TV enxergaram impedimento de Vargas.

Mais cedo, no empate por 2 a 2 entre Portugal e México, a tecnologia havia anulado um gol de Nani pela seleção portuguesa no início do primeiro tempo.

Pouco antes da partida terminar, o Chile fez mais um, aos 47 minutos. O primeiro chute bateu na trave e o segundo o goleiro Fabrice Ondoa fez grande defesa.

Na outra partida do dia, o Chile enfrenta Camarões.

Porém chance clara de gol mesmo, apenas aos 35 minutos, quando Alexis Sánchez cruzou na medida para Arturo Vidal cabecear para o fundo do gol e abrir o placar. O lance novamente foi avaliado pelo VAR, que confirmou o gol. Porém, o auxílio tecnológico coltou a chamar a responsabilidade e acabou validando o gol. Além de Ondoa, os destaques da CAN foram Christian Bassogog e Benjamin Moukandjo. O Chile não entrou em campo com o astro Alexis Sánchez, que machucou o tornozelo no treinamento há três dias e não se recuperou à tempo.

Share