olemenews.com

Desporto

Crónica: Rússia estreia-se a vencer Nova Zelândia na Taça das Confederações

Share
Crónica: Rússia estreia-se a vencer Nova Zelândia na Taça das Confederações

A Rússia, que está apenas no 63º lugar no ranking da Fifa, enfrenta Portugal na quarta-feira, enquanto que a Nova Zelândia enfrentará o México no mesmo dia. O presidente russo Vladimir Putin e Pelé assistiram ao jogo juntos na tribuna do estádio, em São Petersburgo. O goleiro Marinovic teve algum trabalho em chutes de longa distância e ainda contou com a sorte, depois de Vasin acertar a trave de cabeça, aos 6 minutos do primeiro tempo. Depois de muita insistência, Glushakov foi acionado entre os zagueiros, tocou na saída do goleiro e, antes da bola entrar, Boxall acabou mandando a bola para dentro e a arbitragem marcou gol contra do zagueiro neozelandês.

México e Portugal completam a primeira rodada do grupo A no domingo, às 12h, pelo horário de Brasília. No mesmo dia, o Grupo B terá sua primeira partida realizada, entre Camarões e Chile, às 15 horas, em Moscou. A bola entraria, mas McGlinchey, em cima da linha, afastou.

Na etapa complementar, a Nova Zelândia seguiu sem esboçar qualquer tipo de reação, enquanto a Rússia buscou ampliar o placar. Logo aos dois minutos, Poloz recebeu cruzamento da direita e cabeceou para grande defesa de Marinovic. O chute não saiu firme, o que permitiu que Smith afastasse embaixo do gol.

Há três anos, no Brasil, a seleção russa não venceu nenhuma partida sequer, o mesmo que aconteceu depois de dois anos na Euro. Os russos tiveram ainda mais chances de anotar outros gols, porém o goleiro Marinovic evitou a goleada.

O início de segundo tempo dos anfitriões foi parecido com o do primeiro tempo.

Marinovic se transformava em um dos personagens da partida e voltou a salvar a Nova Zelândia aos sete, em bela finalização de Poloz. Para o duelo entre Rússia e Nova Zelândia foram vendidos 50.251 ingressos. Em rápida jogada, com a defesa aberta, Samedov cruzou e Smolov só empurrou para as redes, ampliando a vantagem, aos 23. O zagueiro Smith, no entanto, chegou para tirar quase em cima da linha.

- Rússia: Igor Akinfeev, Viktor Vasin, Georgy Dzhikya, Fedor Kudriashov, Alexander Samedov, Yury Zhirkov, Denis Glushakov, Aleksandr Erokhin (Dmitry Tarasov, 77), Aleksandr Golovin, Fedor Smolov (Alexey Miranchuk, 90) e Dmitry Poloz (Aleksandr Bukharov, 64).

Share