olemenews.com

Entretenimento

Morre Adam West, o Batman da TV dos anos 60

Share
Morre Adam West, o eterno Batman da TV

A noticia foi divulgada por um dos familiares do ator, através de um comunicado em seu Twitter oficial.

Seus entes queridos destacam em nota que West sempre "aspirou ter um impacto positivo nas vidas de seus seguidores" e, acrescentam, "sempre será o nosso herói". Ele era o maior. "Nós vamos sentir muito a sua falta". "Sabemos que vocês sentirão também", diz a publicação, assinada pela "família West".

Morreu Adam West, o eterno Batman da série de TV, aos 88 anos.

A série encarnou a era kitsch, com exclamações como "POW!" e "BAM!", que apareciam escritas em balões de quadrinhos na tela.

West também teve participações em Powerless, 30 Rock, Os Padrinhos Mágicos e Goosebumps.

O Batman que mais fez sucesso na televisão não é conhecido da atual geração, pois ele interpretou o super-herói há décadas atrás, quando não havia tecnologia para criar os grandes efeitos especiais.

Foi Batman durante três anos (entre 1966 e 1968), mas o papel nunca mais lhe saiu da pele. "Você não pode colocar o Batman na cama com Faye Dunaway'", afirmou o ator em uma entrevista ao jornal Orange County Register, da Califórnia, em 1989.

West nasceu em 1928, na cidade de Seattle, em Washington.

Teve papeis menores em programas de televisão e filmes antes de personificar o Cavaleiro das Trevas.

Décadas mais tarde, West retornaria ao seu personagem mais famoso como dublador, em animações nostálgicas como Batman - O Retorno da Dupla Dinâmica e o ainda inédito Batman vs. Duas Caras.

A performance de West como o Homem-Morcego rendeu homenagens e sátiras em séries como "The Big Bang Theory".

Share