olemenews.com

Global

Trump já escolheu o novo diretor do FBI

Share
Trump não deve usar seu poder de emitir um decreto para impedir um depoimento no Congresso de James Comey ex-diretor do FBI

"Wray, um homem de credenciais impecáveis, para ser o novo diretor do FBI", escreveu Trump em sua conta no Twitter.

Enquanto isso, o ex-diretor do FBI James Comey, demitido por Trump enquanto conduzia a investigação das conexões do republicano com funcionários do governo russo durante as eleições, fará um depoimento aberto ao público na quinta-feira no Comitê de Inteligência do Senado.

"Donald Trump me pediu para deixar para lá a investigação sobre Flynn".

Foi nomeado, entretanto, o ex-diretor do FBI Robert Mueller como procurador especial para supervisionar a investigação sobre a alegada interferência russa.

O presidente nega ter intercedido no FBI e diz desconhecer a ingerência da Rússia. A afirmação está em declaração escrita entregue hoje por Comey ao Senado.

Historiadores presidenciais dizem que caso se confirme, a versão dos eventos de Comey representam um desafio significativo às tradicionais barreiras cujo objective é de preservar a independência das instituiçōes. Ele também relatou apelos do presidente por lealdade.

Assim como Comey relatou em um memorando revelado semanas atrás pela imprensa, um trecho do discurso indica que Trump o pressionou durante um jantar privado em 27 de janeiro, dizendo "eu preciso de lealdade, espero lealdade". Comey será questionado sobre as informações que mantinha sobre o caso e deve ser perguntado sobre as razões de sua demissão. Nesse encontro, o presidente teria afirmado a Comey que precisava de "lealdade", ao que o ex-diretor do FBI respondeu que poderia conceder "honestidade".

Durante sua passagem pelo DoJ, trabalhou diretamente sob as ordens de James Comey.

Há alguns dias, o jornal The New York Times afirma que o presidente pediu a Comey que arquivasse uma investigação sobre um de seus colaboradores mais próximos, o agora ex-conselheiro de Segurança Nacional, general Michael Flynn.

Trump ainda não escolheu um novo diretor para o FBI.

Esta deve ser a primeira aparição pública de Comey desde que ele foi demitido, no início de maio.

A Comissão divulgou em avanço uma cópia das 7 páginas que constituem o depoimento de abertura de Comey, um dia antes dele comparecer perante o painel. Trump negou também alegaçōes de que membros da sua campanha presidencial tenham conspirado com a Russia para influenciar a eleiçao presidencial.

O ex-diretor provavelmente apenas mencionará a existência de um comitê independente para investigar tais acusações. Em sua carta de renúncia, Flynn admitiu que informou a Casa Branca "inadvertidamente e de forma incompleta" sobre suas ligações com o embaixador russo em Washington.

Share