olemenews.com

Desporto

Real de Madrid vence 'Champions' com dois golos de Ronaldo

Share
Da TV aos bancos Tudo o que precisa de saber sobre a final da Champions

Amanhã, Cristiano Ronaldo é a grande esperança do Real Madrid, que enfrentará a Juventus, outro clube que Zidane defendeu, às 15h45 (de Brasília), no Millennium Stadium, em Cardiff, no País de Gales, pela final da UEFA Champions League.

O trinco Casemiro, com um bonito remate de fora da área, aos 16 da etapa final, e o médio espanhol Marco Asensio, aos 45, também marcaram para o campeão. Só na partida deste sábado, o time tomou mais gols que em todo o restante do torneio - foram três gols sofridos nas outras 12 partidas. Já a Velha Senhora amargou o sétimo vice na competição e perdeu a oportunidade de levar o tri.

Buffon, esteve ao lado de Daniel Alves e do técnico Massimiliano Allegri durante a coletiva de imprensa e fez vários elogios ao brasileiro.

A primeira decepção de Buffon na Liga dos Campeões foi contra o rival Milan em 2003, quando o adversário triunfou na disputa por pênaltis, por 3 a 2. O volante Casemiro também mostrou a sua estrela ao marcar novamente em jogos decisivos.

A partida começou com a Juventus surpreendendo quem a imaginava jogando na retranca.

A noite foi especial para o avançado português Cristiano Ronaldo, que balançou as redes duas vezes, aos 20 minutos da primeira parte e aos 19 da segunda.

Kroos avançou pelo meio e tocou para Benzema, que fez o pivô e passou para Cristiano.

A alegria do maior artilheiro da história da Liga durou pouco. Do outro lado, a Juve ficou perto da virada em cabeçada de Chielina após escanteio cobrado por Dybala.

Na volta do intervalo, Real Madrid foi para cima e chegou com perigo ao gol do Buffon.

Se a dupla não teve sorte em seus chutes, a finalização de Casemiro foi diferente. A bola ainda desviou em Khedira antes de entrar. Os dois tentos marcaram, ainda, o gol de número 500 do Real Madrid na Liga dos Campões e o de número 600 na carreira do jogador. Modric tabelou com Carvajal, foi à linha de fundo e, com a bola quase saindo, cruzou para trás. O desvio em Bonucci tirou qualquer chance de defesa para Buffon.

A final entre os atuais campeões da Serie A e da La Liga não parece ter favorito claro. Sergio Ramos deu um carrinho, cortou a bola pela lateral e deixou o pé para acertar Cuadrado.

Share