olemenews.com

Desporto

Em momentos distintos, Coritiba e Atlético-PR repetem estratégias para o clássico

Share
Coxa venceu o clássico

Em um clássico bastante equilibrado, com cada time sendo superior em um tempo, melhor para o Coritiba.

Vivendo momentos diferentes dentro do Campeonato Brasileiro 2017, Coritiba e Atlético-PR se encontram para mais um clássico neste sábado, às 16h (de Brasília), no estádio Couto Pereira, em Curitiba. Assim, a primeira oportunidade perigosa ocorreu em lance de bola parada. Douglas Coutinho entrou na vaga de Nikão e Tiago Real substituiu Tomas Bastos.

Aos poucos o Furacão passou a levar a melhor no meio de campo e passou a levar muito perigo contra a meta alviverde. Faltou também pontaria, por isso os chutes de fora da área assustaram pouco. Depois, aos 30, após um cruzamento de Jonathan, da direita, o arqueiro do Coritiba fez mais uma importante intervenção.

Nesse bom momento atleticano, o time do técnico Eduardo Baptista reclamou de dois impedimentos mal marcados pela arbitragem. No primeiro, aos 38 e aos 40, Lucho e Pablo ficaram na cara do gol, mas nas duas ocasiões as jogadas foram invalidadas.

Postura similar foi adotada pelo técnico Pachequinho. O Coxa usava a velocidade de Neto Berola para criar problemas ao rival, mas, os goleiros pouco participavam da partida.

Depois disso, o Coritiba cresceu no jogo. Kléber e Henrique Almeida exigiram boas defesas do goleiro Weverton. O Coxa saiu derrotado por 2×0, mas ali jogadores, comissão técnica e diretoria se fecharam e garantiram que conquistariam o certame estadual. No dia anterior, no Maracanã, o Atlético-PR encara o Fluminense. Logo depois, foi a vez de Jonathan cruzar direto pro gol, mas Wilson defendeu bem.

Com a semana cheia de treinos, o Coritiba chega ao confronto motivado e na luta pelas primeira posições.

Assim, o resultado final foi mesmo 1 a 0 para o Coritiba, que chega a marca de nove pontos e assume a liderança provisória do Campeonato Brasileiro.

Para o clássico, o técnico Eduardo Baptista, que faz sua terceira partida no comando do Atlético-PR, manterá a sua base, tendo apenas uma dúvida no ataque.

CORITIBA: Wilson; Dodô, Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tomas Bastos (Tiago Real, 11'/2T); Neto Berola (Rildo, intervalo), Henrique Almeida (Jonas, 33'/2T) e Kleber.

Share