olemenews.com

Global

Rocha Loures entrega mala com R$ 500 mil à Polícia Federal

Share
Não vou renunciar. Se quiserem me derrubem’ diz Temer

O deputado federal Rocha Loures (PMDB-PR) entregou à Polícia Federal, em São Paulo, a mala dos R$ 500 mil da JBS.

A defesa também informou que o deputado afastado entregou seu passaporte. Não há no documento explicação para o valor ser menor do que o recebido da JBS.

Ainda segundo a delação, havia promessa de que, se resolvido o imbróglio, Rocha Loures poderia receber semanalmente até R$ 1 milhão, dependendo do lucro. Ele devolveu a mala com R$ 35 mil a menos.

"Note-se que o Cade não deferiu a instauração, no caso, de processo administrativo, procedimento mais avançado que inaugura acusação formal contra uma empresa denunciada, após serem reconhecidos indícios robustos de infração", diz outro trecho. Rocha Loures foi assessor de Temer, e foi flagrado recebendo o dinheiro em uma pizzaria de São Paulo, em abril deste ano.

O dinheiro foi entregue para Loures pelo diretor da JBS, Ricardo Saud, que também é delator. A entrega foi filmada pela PF, que não acompanhou o táxi.

Segundo informações da coluna de Andréia Sadi, da GloboNews, palacianos e advogados de Temer têm com o deputado afastado do PMDB desde a divulgação da gravação na semana passada.

A mala teria sido levada para a casa do pai de Rocha Loures, segundo investigação.

O deputado afastado estava em Nova York, nos Estados Unidos e retornou ao Brasil na última sexta-feira (19). Ao chegar, afirmou que esclareceria a história "no momento adequado".

"De acordo com o Código de Ética da Câmara, existe claramente a quebra de decoro parlamentar". O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou a prisão do aliado de Temer, mas decretou seu afastamento do mandato.

Share