olemenews.com

Desporto

Deschamps chama Mbappé e deixa Benzema fora em jogos da França

Share

Deschamps foi mais uma vez perguntado sobre a ausência do atacante do Real Madrid e afirmou que sua equipe está fechada desde a Eurocopa de 2016, aonde foi vice-campeão.

Ainda não será desta vez que Karim Benzema fará o seu retorno à seleção francesa. O jovem atacante, que chegou a receber elogios de seu compatriota, foi novamente lembrado pelo técnico Dechamps.

A França defronta o Paraguai em Rennes, a 2 de junho, e a Inglaterra a 13, em Paris, em jogos particulares que balizam a visita de dia 9 a Estocolmo para defrontar a Suécia na qualificação para o Mundial'2018 da Rússia.

"Se me diz, olhando-me nos olhos, que não me convoca por motivos desportivos, continuarei a trabalhar". Sempre faço escolhas da mesma forma, com o que considero ser bom para a seleção francesa. Na lista, está o jovem Mbappé, que vem se consolidando na seleção mesmo aos 18 anos. "Sempre fiz coisas desta maneira e não vou mudar", disse o comandante, em entrevista coletiva, deixando no ar a impressão de que não vê Benzema como um "jogador de grupo". Nós fomos um time competitivo e continuamos sendo durante as Eliminatórias (da Copa de 2018)", ressaltou, para em seguida finalizar: "Eu tenho uma seleção onde há um equilíbrio, uma harmonia, uma real dinâmica que criamos. "A equipe da França foi construída antes da Euro, e se fortaleceu durante a competição, na qual alcançamos a final". Eu acredito em jogadores que respondem em campo, eu incorporei jogadores jovens porque acredito que eles têm grande potencial.

Atacantes - Ousmane Demele (Borussia Dortmund), Olivier Giroud (Arsenal), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Alexandre Lacazette (Lyon), Thomas Lemar (Monaco), Kylian Mbappe (Monaco), Dimitri Payet (Olympique de Marselha) e Florian Thauvin (Olympique de Marselha).

Share