olemenews.com

Negócios

CNH agora vem com QR Code

Share
Modelo com QR Code será disponibilizado para todos os novos documentos emitidos

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), do Ministério das Cidades, apresentou nesta semana o funcionamento da nova tecnologia de QR Code na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Cerca de 300 mil carteiras já foram emitidas com o novo modelo desde 1º de maio. Dessa forma, os agentes de trânsito podem verificar na hora se as informações no documento físico são as mesmas do banco de dados, identificando falsificações na hora, inclive mostrando a foto do motorista. Essa implementação vai permitir a toda sociedade conferir a foto. "Qualquer setor da sociedade poderá ter acesso, seja numa relação civil, seja numa relação empresarial, como bancos, cartórios e empresas de locadoras de veículos, por exemplo", completa.

Para o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi, essa segurança não fica somente no campo da documentação de trânsito e em um prazo de cinco anos atingirá 100% dos condutores brasileiros.

Aplicativo de leitura - O aplicativo responsável por realizar a leitura do código é o "Lince", já disponível para sistemas Android e iOS. Segundo a presidente do Serpro, que desenvolve o app, o QR Code da CNH é diferente dos comumente utilizados.

A substituição dos documentos pelo novo modelo é obrigatória e deve ser feita no momento da renovação ou na mudança de categoria, mas não vai custar nada a mais para o motorista.

Vicenzi afirmou que a nova tecnologia não deve provocar aumento das taxas, fixadas pelos governos estaduais. Todos os aspectos da tecnologia foram desenvolvidos em software livre e, segundo o diretor do DENATRAN, não há razão para aumentar qualquer tipo de taxa para o cidadão, mas a emissão da CNH é estadual, ou seja, cabe a cada Estado regulamentar o preço - e esperamos que ele não mude em todo o Brasil.

Segundo o Ministério das Cidades, o QR-Code não pôde ser emitido junto com as demais mudanças no documento em janeiro porque o item foi adicionado após a divulgação da resolução que determinou as alterações, e não houve tempo para as gráficas se adaptarem.

Share