olemenews.com

Entretenimento

Banksy cria primeiro mural sobre Brexit em Dover, na Inglaterra

Share
Reprodução  Internet

O referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) foi há quase um ano, mas não é por isso que Banksy se esquece.

Seus representantes confirmaram hoje a autenticidade da obra, que mostra um trabalhador em uma escada sobre a qual trata de eliminar com um martelo uma das estrelas douradas da bandeira azul comunitária.

A obra foi feita numa das paredes do edifício Castle Amusements, em Dover, perto do terminar de barcos que liga o Reino Unido a Calais, em França.

E convém lembrar, como refere o site da União Europeia, que as estrelas da bandeira "representam os ideais de união, solidariedade e harmonia entre os povos da Europa".

Desde o início da discussão do Brexit, o artista Banksy, engajado em diferentes causas sociais, não havia se manifestado sobre o assunto.

Contudo, este mural surge numa altura em que a Europa está instável, devido às negociações entre Londres e Bruxelas, num momento conhecido como o pós-Brexit.

A escolha por expor a obra em Donver não foi acidental. A cidade é o ponto de conexão com o resto do continente europeu. É, pelo menos, mais directa do que a que fez em 2015 na outra cidade portuária do outro lado do canal da Mancha, Calais, em que resolveu chamar a atenção para o problema dos refugiados representando Steve Jobs, o fundador da Apple, com um saco ao ombro e um velho computador na mão direita, lembrando que o antigo patrão da gigante tecnológica, que morreu em 2011 e é um dos principais rostos da capacidade empreendedora americana, é filho de um imigrante sírio.

O mural foi pintado num prédio em Dover.

Share