olemenews.com

Negócios

Lançado ao espaço satélite brasileiro que será usado para comunicações e defesa

Share
Satélite para defesa e comunicações será lançado na Guiana Francesae

O presidente Michel Temer, que participou nesta quinta-feira, 4, da transmissão do lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), na sala de Operações do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), em Brasília, afirmou que o satélite vai ajudar a democratizar "o fenômeno digital no País, já que a banda larga vai atingir todos os recantos no nosso País". Inicialmente, ele estava previsto para o dia 21 de março, mas foi adiado por causa de uma greve geral na Guiana Francesa.

Uma das funções do SGDC será melhorar a qualidade da internet de banda larga brasileira. Já a banda Ka será usada para comunicações estratégicas do governo e implementação do Plano Nacional de Banda Larga, especialmente em áreas remotas. Ficará posicionado a 36 mil quilômetros da superfície da Terra. A capacidade de operação do satélite é de 18 anos.

Da parte da Defesa, haverá gestão em separado dos cinco canais de banda X.

O equipamento será levado ao espaço a bordo de um foguete Ariane-5 junto com o Koreasat 7, satélite de comunicações coreano. O satélite levará cerca de dez dias para alcançar sua posição final. O projeto ainda envolve os ministérios da Defesa e da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações.

O satélite foi desenvolvido pela empresa francesa Thales Alenia Space, contratada pela Visiona, que reúne a Embraer e a estatal Telebras.

Anunciado ainda em 2011, subiu ao espaço às 18h50 desta quinta, 04/05, o primeiro satélite brasileiro desde que os Brasilsat foram vendidos nas privatizações do sistema Telebrás, em 1998. O projeto foi supervisionado pela Visiona Tecnologia Espacial, parceria entre Embraer e Telebras. A contagem regressiva para o lançamento já começou em Kourou, na Guiana Francesa. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Segundo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações, o SGDC é o primeiro satélite que poderá ser utilizado para fins civis e militares no Brasil.

Share