olemenews.com

Negócios

Trabalhadores têm até dia 29 para sacar dinheiro do PIS/Pasep

Share
Trabalhadores têm até dia 29 para sacar dinheiro do PIS/Pasep

O Ministério do Trabalho inicia, a partir desta quinta-feira (15), o pagamento do Abono Salarial do PIS ano-base 2015 para os trabalhadores nascidos em dezembro.

Faltando duas semanas para o fim do prazo, 83,9 mil pessoas ainda não sacaram o abono salarial relativo a 2014 no estado do Rio. O cálculo do valor do benefício corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento. Dia 30, data-limite para o saque, não haverá expediente bancário, as pessoas que possuem Cartão Cidadão com senha registrada podem sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal e em casas lotéricas.

O recurso fica disponível para saque até 30 de junho de 2017, mas Ubiratan recomenda que os trabalhadores fiquem atentos ao mês de nascimento: "O calendário de saques programado evita tumultos nas agências bancárias", frisa.

O pagamento do PIS/Pasep é feito até 29 de dezembro na rede bancária. As informações podem ser cedidas também pela Central de Atendimento Alô Trabalho, do Ministério do Trabalho, pelo número 158. Basta comparecer a uma agência da Caixa, posto de atendimento do banco, ou lotérica, dentro dos prazos de saque estabelecidos pelo Calendário PIS 2016/2017, munido de um documento de identidade com foto e o seu cartão do cidadão e solicitar o saque do benefício. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode receber o abono em qualquer agência da Caixa, apresentando documento de identificação.

O abono do PIS é pago ao trabalhador que tem, no mínimo, cinco anos de cadastro no PIS/PASEP, recebeu uma média mensal de dois salários mínimos e trabalhou pelo menos 30 dias no ano de 2015. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07.

Já para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), os funcionários públicos devem confirmar se houve algum depósito em conta pessoal. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01.

Share