olemenews.com

Desporto

Goleiro Jackson Follmann tem perna amputada

Share
Velório Chapecoense

Um dos seis sobreviventes da queda do avião que levava a delegação da Chapecoense, o goleiro Jackson Follmann, teve uma das pernas amputadas após o acidente, informam os meios de comunicação da Colômbia.

A Chapecoense viajava a Medellín para enfrentar na quarta-feira o Atlético Nacional pela partida de ida da decisão da Copa Sul-Americana.

O diretor médico da Chapecoense, Carlos Mendonça, está se esforçando para reunir em Medellín no mesmo hospital os quatro sobreviventes brasileiros do acidente aéreo de terça-feira.

Um dos médicos envolvidos nos atendimento aos sobreviventes, o Dr Guilhermo Molina, confirmou o estado e procedimentos feitos no goleiro de 24 anos. De acordo com o último boletim médico sobre o quadro de saúde, eles tinha estado crítico, porém estável. "Se sabe que ele está no hospital" disse o pai do atleta, Paulo Follmann, em entrevista ao portal "G1". Na hora meu marido entrou em choque, ficou apavorado. A causa do acidente teria sido uma pane elétrica. "Ficámos sem chão, mas coração de mãe nunca se engana".

Follmann foi contratado pelo time em maio desse ano para ajudar no Campeonato Brasileiro. "Meu coração dizia que Deus estava protegendo ele, que ele estava bem".

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta.

Share