olemenews.com

Ciência

Contas do Google são atingidas por malware

Share
Contas do Google são atingidas por malware

Mais um malware encontrado no Android, que já terá acedido a mais de 1 milhão de contas Google, mas o número continua a crescer. Além disso, o malware compromete o token de segurança do aparelho, fazendo com que seja possível acessar vários serviços do Google, como o Gmail, Drive e o Photos.

Os dispositivos que correm mais risco são aqueles que executam as versões 4 e 5 (o correspondente a 75% dos aparelhos) do Android estão mais sujeitas ao problema.

Depois de os atacantes conseguirem obter o controlo sobre o dispositivo, geram receitas através da instalação fraudulenta de apps do Google Play, classificando-as em nome da vítima. A Google já foi informada do malware pela Check Point. São instaladas, pelo menos, 30 mil apps por dia nos dispositivos infetados, explica a Check Point.

A Check Point foi quem descobriu este malware e está a divulgar o perigo do mesmo nest emomento, sendo que a própria Google já estará a trabalhar no assunto.

Investigadores da Check Point descobriram o Gooligan em um aplicativo no ano passado, e uma nova variante apareceu em agosto de 2016, a qual afeta cerca de 13.000 dispositivos diariamente. Entre outras medidas, a Google contactou todos os utilizadores afetados e revogou as suas credenciais de acesso, removendo ainda as apps associadas à família Ghost Push da sua loja oficial Google Play e adicionando novas proteções à sua tecnologia Verify Apps. Centenas dos emails expostos estão associados a empresas de todo o mundo.

Agora, é importante ficar ainda mais atendo, uma vez que os criminosos também começaram a espalhar a contaminação por meio de SMS, com links para que a vítima efetue o download de aplicativos que contêm a codificação maliciosa.

Share